sexta-feira, 30 de junho de 2017

A Cidade reino de Siquém: Arqueologia Bíblica



Evidências arqueológicas indicam que a cidade foi destruída e reconstruída até 22 vezes antes de seu desaparecimento final em 200 dC. Dentro das ruínas da cidade ainda pode ser encontrada uma série de muros e portões construídos para a defesa, uma casa do governo, um bairro residencial e as ruínas de um templo de Zeus levantado pelo imperador Romano Adriano (que reinou de 117 - 138), o último rei datado do século II dC.
Localizado entre Monte. Garizim (à esquerda) e MT. Ebal (direita) Siquém é preeminente no registo bíblico, começando com a promessa de Deus da terra a Abraão.

Mais tarde, Jacob gostaria de voltar aqui com a sua família e estabelecer-se. Durante a conquista, as doze tribos se reuniram nesses dois montes para recitar a Lei de Deus e as bênçãos e maldições que acompanharam a obediência e a desobediência.

Parede da Época do Bronze Médio em Siquém
Vulnerável pela localização, Siquém foi fortemente fortificada ao longo da sua história mais antiga. Este muro foi construído de pedras ciclópicas e continuou em uso através da Idade do Bronze sem alterações significativas.
No fundo, o monte Garizim foi o local do templo samaritano do quarto ao segundo século aC.

Oriente Portão de Bronze
Parte das fortificações da cidade durante todo o segundo milénio, esta porta é típica do período do Bronze Médio com três entradas e duas câmaras. Apenas as fundações de pedra permanecem.
Esta porta provavelmente estava em uso no tempo de Jacob e, certamente, foi a principal porta da cidade nos dias de Abimeleque (Juízes 9).

Siquém bíblica
1. Abraão prometeu a terra.
2. Jacob compra um pedaço de terra; Dina é violada.
3. Os filhos de Jacó cuidam das ovelhas aqui antes José os encontrar em Dotã.
4. A aliança é confirmada durante a conquista.
5. A cidade é posta de lado como uma cidade levítica e cidade de refúgio.
6. José está enterrado aqui.
7. As dez tribos rejeitaram Roboão.

Templo de Baal Berite
Este templo fortificado data dos períodos MB e LB e tem paredes de 17 pés de espessura. Os escavadores identificaram este edifício com o Templo de Baal Berite mencionado em Juízes 9. Os fundamentos deste edifício foram levados depois de terem sido vencidos por Abimeleque. A mãe de Abimeleque era natural desta cidade (Siquem) e foi concubina de Gideão (Juizes 6:32).

Terá sido numa cova como esta que
José foi lançado

A Cova em Siquem
Começou então a longa prova na vida de José, o filho amado de Jacó agora é despido da sua túnica de varias cores, e é jogado numa cova, sem a preocupação de que lá pudesse haver algum animal venenoso, ou cosa semelhante. Lá no fundo daquela cova, estava agora um menino justo, e temente a Deus. E fora estava um grupo de rebeldes, comendo e bebendo, aparentemente triunfantes Gn 37.13,14,24,25. Porem o SENHOR estava com José, certamente angustiado no fundo daquela cova, porem esperando com confiança no SENHOR. Isso é o mais importante nas nossas vidas, não importa o que temos de passar, o que importa é que Deus esteja conosco.
Depois de todos os acontecimentos, acontece agora o que é mais marcante em toda a história, o encontro de José com seu pai Jacó.

Reencontro entre José e seu pai.
José até aos 17 anos esteve com seus pais Gn 37. 2. Depois disso chega ao Egito. Com 30 anos, foi governador do Egito Gn 41. 46. Passaram-se os 7 anos de fartura, quando se deu a conhecer dos seus irmãos, já se tinha passado 2 anos, dos 7 de fome, que iriam acontecer Gn 45. 6. Assim; da chegada ao Egito, ate o início do governo, foram 13 anos. Com mais 7 de fartura, e mais 2, dos 7 de fome, somam 22 anos. Então podemos sentir a emoção desse encontro, depois de 22 anos de saudades, se encontram Jacó e José. Agora estava toda a família novamente reunida. Só com uma diferença, José não era apenas o sonhador na família, mas senhor, não somente dos seus irmãos, mas de todo o país. Isso é o que Deus faz, com aqueles que são fiéis a Ele. Que bela lição para nos! Possamos aprender com José, que é preciso ser fiel nas adversidades, para ser honrado e abençoado pelo SENHOR. E não esqueça; o choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã Sl 30. 5.
Fonte: Segredos da Arqueologia Bíblica
fonte www.biblicaarqueologia.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

INICIO DO BLOG DIVERSOS ARTIGOS

                                                                 Arqueologia descobertas comprovam a biblia Arqueologia as mina...