sexta-feira, 30 de junho de 2017

Oliveiras de Israel



A oliveira pode atingir uma altura de cerca de 7 m e, normalmente, cresce até ao máximo da sua maturidade como árvore. Estima-se que algumas oliveiras em Israel tenham cerca de mil anos. O solo rochoso em Israel é propício para a drenagem necessária para a oliveira prosperar, ela prospera nos climas mediterrâneo. Apesar do tronco retorcido e oco que acontece com a idade, esta árvore ainda continua a dar frutos.

O Azeite nas Escrituras
Zayit, azeitona, é referenciado no Antigo Testamento cerca de 25 vezes, enquanto shemen, a palavra hebraica para óleo, é usada mais de 150 vezes. Óleo nas Escrituras refere-se sempre ao azeite. A menção frequente de óleo indica o grande valor da árvore nos tempos bíblicos. Isto é também evidente na lista das sete espécies de terra em Deuteronômio 8:8, que não fala da azeitona, mas de azeite.

A produção de Azeite
O azeite foi crucial para a economia e na vida diária dos hebreus. Foi usado para a iluminação, culinária, fins medicinais, e hidratação da pele. Embora a azeitona qundo madura fique de cor preta ela é colhida fundamentalmente para alimentação enquanto a azeitona verde é colhida para produzir óleo. A forma de colheita é usada uma vara para sacudir os ramos e provocar a queda da azeitona (Is 17:6; 24:13). As azeitonas são então recolhidas e prensadas.

Os Olivais
Oliveiras foram ainda mais abundantes nos tempos bíblicos do que são hoje em Israel. A árvore de oliva ou oliveira pode crescer na planície e nas colinas. Elas crescem na Galileia, Samaria e Judá. O Jardim do Getsémani, localizado na base do Monte das Oliveiras, em Jerusalém, havia com toda a segurança um pomar de oliveiras. Seguramente aqui existia um lagar de azeite a palavra gethsemane significa prensa de azeite.

O Uso na Alimentação
Não é de estranhar que este fruto amargo não tenha sido comido nos dias antigos, o corte na azeitona e a relação com o sal era desconhecida. O óleo foi usado para ungir reis, profetas, sacerdotes e artigos do Templo. Messias, na verdade, significa "ungido". A madeira da árvore era e é usada para esculturas. 1 Reis 6:23-35 fala da difícil, madeira maravilhosamente trabalhada sendo usado no templo de Salomão.

O Rebento da Oliveira
Enquanto azeitonas selvagens são propagadas a partir de sementes, azeitonas cultivadas são plantadas utilizando brotos que crescem na base de uma outra árvore da oliveira. Salmo 128:3 usa estas imagens para comparar as crianças a rebentos de oliveira ao redor da mesa. Um broto de oliveira também é visto na profecia messiânica de Isaías 11:1.

PORQUE brotará um rebento do tronco de Jessé, e das suas raízes um renovo frutificará.” 
Isaías 11:1 
Fonte: Segredos da Arqueologia Bíblica
fonte www.biblicaarqueologia.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

INICIO DO BLOG DIVERSOS ARTIGOS

                                                                 Arqueologia descobertas comprovam a biblia Arqueologia as mina...