sexta-feira, 30 de junho de 2017

Arqueologia UR dos Caldeus





De acordo com uma estimativa, Ur foi a maior cidade do mundo de 2030 a 1980 a.C.; sua população era de aproximadamente 65.000 pessoas (uma megalópole da época).

Reconstituição gráfica de Ur

O comércio e a ligação entre Ur e pontos distantes como a Arábia e a Índia é amplamente atestado por achados arqueológicos nas ruínas da cidade. Provavelmente estas mercadorias foram parar um Ur através do comércio marítimo. Já utensílios oriundos do vale do Nilo e outras regiões eram trazidos por 
comerciantes em suas caravanas que atravessavam desertos e estradas comerciais, especialmente ao longo dos rios Eufrates e Tigre.

Rotas de comércio conectadas com Ur

Curiosidade da Arqueologia Bíblica

Uma cidade de tal porte e importância dentro do ambiente do mundo bíblico não poderia passar desapercebida das páginas do texto sagrado. E a cidade merece destaque logo nos primeiros capítulos de Gênesis, justamente por sua grandeza, mas especialmente por ser a cidade natal de Abrão, o patriarca. 

O Livro dos Jubileus afirma que Ur teria sido fundada em 1688 Anno Mundi (1), por 'Ur, filho de Kesed', supostamente descendente de Arfaxade, acrescentando que naquele mesmo ano as primeiras
guerras teriam sido travadas na Terra.
"E 'Ur, o filho de Kesed, construiu a cidade de 'Ara dos (Ur) Caldeus, e deu a ela este nome em homenagem a seu próprio nome e ao nome de seu pai. [Kasdim]" (Jubileus 11:3).
Outra menção sobre a região de Ur de Abraão é feita por Josué no seu discurso final antes da entrada na terra de Canaã para a conquista.
"Eu, porém, tomei a vosso pai Abraão dalém do Rio, e o conduzi por toda a terra de Canaã; também multipliquei a sua descendência, e dei-lhe Isaque." (24.3)
Mas olhe atentamente para o mapa abaixo, localizando a cidade de Ur.

Mapa da Mesopotâmia

Ao que se pode perceber, Ur fica antes do rio Eufrates (em relação à Palestina de onde Josué estava falando) e não "dalém do Rio" como é afirmado. Será que Josué se equivocou? Será uma má tradução do texto?
Esta questão sempre confundiu aqueles que procuraram a Ur de Abraão, pois a procuravam do lado de lá do rio. Somente após a descoberta da verdadeira localização da cidade, foi possível verificar o erro. É que ao longo dos tempos, o curso do rio mudou algumas vezes. A cidade antes que estava do lado de lá e nas margens do rio, atualmente tem as suas ruínas ao ocidente do Eufrates numa distância de 16 quilômetros das margens. 
Tudo o que sabemos atualmente sobre a cidade, seu contexto cultural, religioso, social e político, além deste detalhe da localização geográfica, são impressionantemente compatíveis com a descrição do texto do Antigo Testamento! 

(1) A data em questão é incerta, pois depende da data inicial, o 1 A.M. Existem várias tradições de qual seria este o ano 1 A.M., mas o diapasão para a fundação da cidade, segundo o texto de Jubileus, poderia estar entre 2072 à 3821 a.C. Se a reconstrução cronológica da vida dos patriarcas estiver correta, Abraão (que segundo Jubileus nasceu em 1876 A.M.) teria nascido em 2166 a.C , significando que Ur foi fundada em 2354 a.C.
Fonte: Segredosdaarqueologiabiblica

fonte www.biblicaarqueologia.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

INICIO DO BLOG DIVERSOS ARTIGOS

                                                                 Arqueologia descobertas comprovam a biblia Arqueologia as mina...